Curralinhos - PI

Ex-prefeito Ronaldo Campelo vira réu por desviar dinheiro do Fundeb

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, os acusados desviaram, no ano de 2011 e 2012 recursos federais vinculados ao Fundeb e repassados ao município.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O juiz federal substituto Leonardo Tavares Saraiva, da 1ª Vara Federal, recebeu denúncia contra o ex-prefeito de Curralinhos, Ronaldo Campelo dos Santos, e a ex-tesoureira, Valdênia Campelo dos Santos, acusados de desviar e aplicar indevidamente recursos da Educação. A decisão é de 13 de agosto deste ano.

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, os acusados desviaram, no ano de 2011 e 2012 recursos federais vinculados ao Fundeb e repassados ao município.

Consta que ocorreram registros de transferências bancárias eletrônicas da conta do Fundeb para beneficiários não identificados, no exercício de 2012 e que relatório de fiscalização da DFAM (Diretoria de Fiscalização da Administração Municipal) do TCE apontou irregularidades também no ano de 2011 consistentes na aquisição de peças de veículos sem especificação de sua destinação e pagamento indevido de gratificação com recursos do Fundeb 60%.

Notificados a apresentarem defesa prévia, os denunciados alegaram não haver indícios de irregularidades e ausência de dolo.

O MPF requereu audiência para o oferecimento de proposta de suspensão condicional do processo, o que foi aceito pelo juiz que marcou para o dia 23 de outubro às 21h30, quando serão oferecidas as seguintes condições: proibição de se ausentar da comarca onde reside por mais de 15 dias sem autorização judicial, comparecimento pessoal e obrigatório a juízo, mensalmente, para informar e justificar suas atividades e reparação de dano no valor de R$ 154.436,47.

Outro lado

Os ex-gestores não foram localizados pelo GP1.