União - PI

Ex-prefeito Zé Barros afirma que vai recorrer de condenação

Zé Barros foi acusado pelo MPF de realizar dezenas de movimentações financeiras irregulares nas contas destinadas a execução de programas nacionais de Assistência Social.

Gil Sobreira
Teresina
- atualizado

O ex-prefeito de União, José Barros Sobrinho, mais conhecido como “Zé Barros”, condenado em ação civil de improbidade administrativa pela Justiça Federal, enviou direito de resposta ao GP1, onde afirma que vai recorrer da sentença.

Zé Barros foi acusado pelo MPF de realizar dezenas de movimentações financeiras irregulares nas contas destinadas a execução de programas nacionais de Assistência Social.

  • Foto: Reprodução/FacebookEx-prefeito Zé BarrosEx-prefeito Zé Barros

Confira a resposta na íntegra

Em resposta a matéria publicada nesta quinta-feira, 06, no Portal GP1, sobre o ex-prefeito da cidade de União, o professor José Barros Sobrinho esclarece que o processo se refere a suposta aplicação irregular dos recursos do Fundo de Assistência Social referente ao exercício de 2012, no qual findou com julgamento parcial, em que o meritíssimo juiz determinou que para a ação seria aplicada uma multa, não tendo sido aplicada qualquer outra medida repressiva.

O ex-prefeito informa ainda que irá recorrer da sentença “por entender que não houve má administração de recursos públicos, tanto que a prestação de contas feita perante o Ministério do Desenvolvimento Social foi aprovada, o que leva a conclusão de que os recursos foram aplicados de forma correta e dentro da finalidade pública”, assegura José Barros.

NOTÍCIA RELACIONADA

Ex-prefeito Zé Barros é condenado por movimentação irregular de recursos