Teresina - PI

Fábio Novo muda de vice e anuncia professor Erico Luís para a vaga

Silmara Castro havia sido escolhida pelo Solidariedade como vice de Fábio Novo, mas o nome dela não foi bem aceito por alguns militantes do PT, que acusaram Silmara de racismo.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

Erico Luís é escolhido como vice de Fábio Novo

Nessa quarta-feira (9), o pré-candidato à Prefeitura de Teresina pelo PT, deputado Fábio Novo, e o presidente do Solidariedade, o deputado estadual Evaldo Gomes, anunciaram uma mudança no nome do vice do petista, em substituição a assistente social Silmara Castro. Agora o professor Erico Luís, que é Bacharel em Direto e formado em Letras, foi anunciado como pré-candidato a vice.

Silmara Castro havia sido escolhida pelo Solidariedade como vice de Fábio Novo e o nome dela chegou a ser anunciado durante solenidade realizada no dia 31 de agosto. O problema é que o nome dela não foi bem aceito por alguns militantes do Partido do Trabalhadores, que acusaram Silmara de racismo.

Fábio Novo explicou que Silmara decidiu se retirar para não causar problemas na chapa, já que na próxima sexta-feira (11) será realizada a convenção. “Continuamos firmes e fortes. Houve uma situação que foi colocada. A Silmara me procurou, afirmando que não queria trazer nenhum constrangimento e reafirmou o compromisso dela, deixando claro que está tranquila, que é uma acusação que não reflete ela e isso ao longo do tempo ficará provado, mas para não causar nenhum tipo de constrangimento, ela mesmo fez a análise e ponderou que deveria desistir”, explicou Fábio Novo.

Com a desistência de Silmara, o professor Erico Luís, do Solidariedade, acabou sendo escolhido como vice. “Eles se reuniram e colocaram esse nome, que é um nome que vem do movimento social, é um professor formado em Letras e que é muito sensível aos movimentos populares”, destacou o petista.

Erico Luís afirmou que está feliz em participar da disputa. “Recebi como muita serenidade e também com muita honra de participar dessa chapa com o Fábio Novo que foi um ótimo secretário de Cultura, tem experiência em gestão e o nosso propósito aqui é encaminhar o que é de interesse para a população, um projeto viável para Teresina, um debate de nível para os teresinenses e essa é a nossa grande motivação”, afirmou.

O presidente estadual do Solidariedade, Evaldo Gomes, explicou que a legenda segue unida em torno da chapa. “A decisão da companheira Silmara foi um ato de grandeza, de forma alguma ela poderá estar fora dessa luta. Nós confiamos e acreditamos no preparo, na experiência e esse trato com a população do Fábio Novo. Estamos a partir de agora construindo uma nova chapa, com os mesmos ideais, para poder dialogar com o povo. A partir de sexta-feira, data da convenção, vamos poder levar esse nosso projeto de cidade aos teresinenses”, finalizou.

Mais conteúdo sobre: