Ciência e Tecnologia

Fim do Windows 7: Microsoft encerra suporte ao sistema

Ainda será possível usar computadores com Windows 7, mas os aparelhos não receberão atualizações de software, o que pode deixá-los vulneráveis a vírus e ataques.

Por  Estadão Conteúdo

A partir desta terça-feira, 14, a Microsoft oficialmente não dará mais suporte ao sistema operacional Windows 7, um dos mais populares da história. Na prática, isso significa que o sistema não receberá atualizações de software, o que pode deixar os computadores mais vulneráveis a vírus e ataques de hackers.

“Apesar de você poder continuar a usar o seu computador com o Windows 7, sem atualizações de software constante, aumenta o risco de vírus e ataques”, afirmou a Microsoft em seu site. A empresa disse também que não vai mais oferecer suporte técnico ao sistema.

De acordo com dados do site Netmarketshare, aproximadamente 26% dos computadores do mundo ainda usam o Windows 7, e não o Windows 10, versão mais recente do sistema – atualmente, mais de 900 milhões de aparelhos usam o Windows 10. Falando de Brasil, cerca de 37% dos computadores no Brasil ainda usam o Windows 7, segundo a empresa de segurança Kaspersky – é o país da América Latina que mais usa o sistema.

O que fazer?

Para quem ainda tem o Windows 7 em seu computador, a Microsoft deu algumas opções. A empresa sugere que as pessoas que compraram seus computadores há menos de três anos paguem para mudar o sistema para Windows 10, o que custa a partir de US$ 139. Para quem tem aparelhos mais velhos, a única saída que a Microsoft mencionou foi comprar um novo computador com Windows 10.

Ao longo de 2019, a Microsoft avisou os usuários do Windows 7 que o fim do suporte ao Windows 7 estava próximo. Durante um tempo, a empresa ofereceu a mudança para o Windows 10 gratuitamente.

O Windows 10 traz evoluções em relação ao Windows 7 – a nova versão do sistema tem processadores e hardwares que ajudam o computador a funcionar com mais velocidade. Algumas funções, entretanto, não devem funcionar em uma atualização da versão antiga do sistema para a nova: o Windows 10 tem opções de segurança como reconhecimento facial e reconhecimento de impressão digital, que exigem novos hardwares.

Mais conteúdo sobre: