Teresina - PI

Firmino Filho entrega mais de mil casas na zona norte de Teresina

O secretário nacional de Habitação, Alfredo dos Santos, participou da solenidade de inauguração do residencial Parque Brasil.

Germana Chaves
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

Firmino Filho inaugura Residencial Parque Brasil em Teresina

O prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB) e o secretário nacional de Habitação, Alfredo dos Santos, participaram na manhã desta sexta-feira (16), da solenidade de inauguração do residencial Parque Brasil, obra construída em parceria com a Caixa Econômica para atender às famílias do Programa Lagoas do Norte e também uma parte das pessoas inscritas junto à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação.

Firmino destacou a importância das mais de mil unidades habitacionais para os teresinenses que viviam em lugares de risco. De acordo com o chefe do Palácio de Cidade, a ideia é transformar a zona norte da cidade em um cartão postal.

“Projeto Lagoas do Norte visa resolver a questão de saneamento, drenagem e ao mesmo tempo, urbanização da zona norte, transformar a zona norte em um cartão postal para a nossa cidade, incrementar o turismo e obviamente gerar renda e oportunidade de emprego. Nesse processo de urbanização das lagoas, nós temos várias famílias que se encontram em situação de risco, situação de alagamento”, disse o prefeito.

“Foi justamente por isso que nós construímos esse grande residencial. São 1022 unidades habitacionais. Temos casas, temos uma bela infraestrutura, inclusive com esgotamento sanitário. Tem um espaço para creches, para escolas, para unidades básicas de saúde”, detalhou Firmino.

Qualidade de vida

Alfredo dos Santos elogiou a obra e disse que as residências darão uma importante qualidade de vida para os futuros moradores. “A dimensão das unidades é diferente do padrão que é de 42 metros quadrados, essas têm 48. Uma diferença significativa, na qualidade da obra, no material utilizado. É um projeto que dá gosto de ver”, falou o secretário nacional.

Alfredo informou ainda que foram investidos R$ 112 milhões ao todo. “Sendo que R$ 80 milhões do Governo Federal, com uma contrapartida de R$ 32 milhões da prefeitura. A gente vê a política pública sendo efetivamente feita com muita competência e muita qualidade”, ponderou Alfredo dos Santos.

Mais conteúdo sobre: