Padre Marcos - PI

Funcionário da Agespisa é feito refém e tem carro roubado

A vítima foi abordada por três indivíduos, dois deles armados e com os rostos cobertos.

Cinara Taumaturgo
Teresina
Débora Dayllin
Teresina
- atualizado

Um funcionário da Agespisa, identificado como João Batista, conhecido como “Chico Urubu”, foi feito refém por criminosos após ter seu carro tomado de assalto na noite dessa quinta-feira (02), no município de Padre Marcos, região Sudeste do Piauí.

João Batista relatou ao GP1 que foi abordado por três indivíduos quando saia da Estação de Tratamento de Água da Agespisa, onde trabalha. “Eu estava saindo do trabalho por volta das 22h, quando eles chegaram já falando que eu tinha perdido o carro. Eles me mandaram ficar quieto, pegaram de fato o carro e todo o dinheiro que eu tinha no bolso”, afirmou.

Dois dos três acusados estavam armados e com camisas amarradas no rosto. A vítima foi feita refém e posteriormente foi abandonada próximo ao antigo campo de avião de Padre Marcos. “Mesmo roubando o carro, eles me levaram junto. Depois mandaram eu descer e correr sem olhar para trás, que agora eles sabiam onde eu trabalhava e que qualquer coisa iriam voltar para me pegar”, disse.

Durante a ação dos bandidos, a vítima ainda percebeu a aproximação de um quarto indivíduo, que estava em uma motocicleta. Além do carro, os suspeitos levaram cerca de R$ 1200,00 da vítima.

Mais conteúdo sobre: