Economia e Negócios

Governo libera R$ 38,5 milhões para contenção de queimadas na Amazônia

O presidente Jair Bolsonaro decretou a GLO na sexta-feira, 23, para o apoio das Forças Armadas ao combate às queimadas na região amazônica.

Por  Estadão Conteúdo
- atualizado

O Ministério da Economia informou por meio de nota na noite deste sábado, 25, que atenderá o pedido do Ministério da Defesa de descontingenciamento de R$ 38,5 milhões que estavam contingenciados das Operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO). O presidente Jair Bolsonaro decretou a GLO na sexta-feira, 23, para o apoio das Forças Armadas ao combate às queimadas na região amazônica.

Neste sábado, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, havia dito que a ideia era utilizar R$ 28 milhões diretamente para a contenção do desmatamento na Amazônia.

O Ministério da Economia explicou que a liberação solicitada pela Defesa diz respeito a todo o valor contingenciado das operações de GLO, "que conta com uma dotação aprovada de R$ R$ 47,5 milhões, tendo empenhado, até o presente momento, cerca de R$ 7,1 milhões".

"Feitas as primeiras estimativas de valor, considerando o cenário fiscal vigente, o Ministério da Economia aprovou a liberação imediata de R$ 38,5 milhões, procurando atender de forma emergencial pleito apresentado pela Defesa. Esse valor será liberado ao MD, conforme compromisso assumido pela Economia", diz o texto.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Governo deve liberar R$ 28 milhões para combater incêndios na Amazônia

Doria diz que Brasil deve 'reconhecer erros' sobre a Amazônia

Ministros se reúnem para discutir ações contra fogo na Amazônia