Ilha Grande - PI

Homem afirma que matou esposa em Ilha Grande por ciúme

Eulálio ainda relatou, durante o depoimento, que matou a companheira, identificada como Sandreia dos Santos Lima, utilizando somente as próprias mãos.

Laura Moura
Teresina
- atualizado

Um homem identificado apenas como Eulálio, preso na última segunda-feira (10), acusado de matar e enterrar a própria esposa na cidade de Ilha Grande, situada no Litoral do Estado, prestou depoimento à Polícia Civil. Ele confessou ter praticado o crime e alegou que a motivação foi por conta de ciúmes.

A delegada Fernanda Novaes, responsável pelo caso, informou que o indivíduo já apresentava um histórico de ciúmes e que a relação entre os dois era marcada por brigas. “Ele alegou que foi por ciúmes, pois já apresentava esse comportamento de ciúme possessivo. Os dois já haviam terminado e voltado várias vezes”, comentou.

  • Foto: Facebook/Sandreia Santos LimaSandreia Santos LimaSandreia Santos Lima

Eulálio ainda relatou, durante o depoimento, que matou a companheira, identificada como Sandreia dos Santos Lima, utilizando somente as próprias mãos. Em seguida, ele a enterrou no quintal da própria casa. Os dois estavam morando juntos há três anos.

“Ele confessou o crime, está preso por conta de um mandado de prisão temporária e agora nós temos o prazo da temporária para poder fazer o restante do procedimento”, pontuou a delegada Fernanda Novaes.

Entenda o caso

Na manhã da segunda-feira (10), o corpo de Sandreia dos Santos Lima foi encontrado enterrado no quintal de uma residência situado no município de Ilha Grande. Ela estava desaparecida desde a última quinta-feira (06). Ainda na segunda, Eulálio foi preso devido a um mandado de prisão temporária expedido contra ele.

Mais conteúdo sobre: