Matias Olímpio - PI

Homem é baleado ao reagir a abordagem policial em Matias Olímpio

O homem foi preso após fazer ameaças no WhatsApp.

Cinara Taumaturgo
Teresina
- atualizado

Acusado de cometer um homicídio na Penitenciária de Esperantina, Francisco das Chagas Alves de Sousa, vulgo “Carcará”, foi preso nessa quarta-feira (20), por volta das 14h, após ameaçar, no WhatsApp, atirar em estudantes de uma escola pública em Matias Olímpio. Durante abordagem policial, o homem foi baleado.

Segundo informações do delegado Arthur Leal, da Delegacia de Matias Olímpio, a prisão foi uma ação conjunta da Polícia Militar com a Polícia Civil. “Ele começou a mandar áudios para várias pessoas pelo WhatsApp dizendo que ia entrar em uma escola pública e que iria matar os alunos e depois se matar. Populares o denunciaram à polícia”, afirmou.

Além disso, o acusado possuía um mandado de prisão em aberto por matar um indivíduo na Penitenciária Regional Luís Gonzaga Rebelo, na cidade de Esperantina. Ele também é acusado de cometer outros crimes em Matias Olímpio.

  • Foto: Divulgação/PMPunhal apreendido com o acusadoPunhal apreendido com o acusado

Diante dos fatos, os policiais se deslocaram até a residência do suspeito e no momento da abordagem Francisco tentou esfaquear um dos policiais. “Ele estava com um punhal e reagiu. Ele foi para cima do policial e tivemos que efetuar um disparo na perna dele, no joelho”, disse o delegado Arthur Leal.

O acusado foi levado ao hospital de Matias Olímpio, mas não havia médico de plantão e ele foi conduzido ao Hospital Estadual Dr. Júlio Hartman, em Esperantina. Posteriormente, o acusado foi transferido para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT).