Parnaíba - PI

Homem é condenado a 18 anos por matar tio da namorada em Parnaíba

No julgamento, o Conselho de Sentença reconheceu, por maioria de votos, a materialidade do homicídio qualificado, decidindo pela condenação do acusado.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

A juíza Maria do Perpetuo Socorro Ivani de Vasconcelos, da 1ª Vara da Comarca de Parnaíba, condenou Ronario Carneiro Vieira a 18 anos, 06 meses e 08 dias de reclusão pela morte de José Edilson Pereira da Silva, em abril de 2017. O julgamento pelo Tribunal Popular do Júri aconteceu no dia 15 de agosto.

As investigações apontaram que José Edilson era tio da namorada de Ronario, que o matou porque José Edilson teria um relacionamento amoroso com a sobrinha. A vítima foi morta com vários disparos de arma de fogo, no dia 27 de abril de 2017, às 19h30, no Povoado Portinho, zona rural de Parnaíba.

No julgamento, o Conselho de Sentença reconheceu, por maioria de votos, a materialidade do homicídio qualificado, decidindo pela condenação do acusado.

A magistrada então aplicou a pena e determinou que fosse cumprida em regime fechado na Penitenciária Mista de Parnaíba. Foi negado ainda ao condenado o direito de recorrer da sentença em liberdade.