Teresina - PI

Homem que se passava por Ciro Nogueira para aplicar golpes é preso

Após estabelecer relação de confiança com as vítimas, o suspeito solicitava às vítimas que realizassem transferências bancárias, bem como doação de bens diversos para trabalhos sociais.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

Um homem foi preso pela Polícia Civil do Piauí, suspeito de se passar pelo senador da República, Ciro Nogueira, para aplicar golpes através das redes sociais. O alvo acabou sendo flagrado em um condomínio da zona leste de Teresina, na tarde dessa quarta-feira (03), enquanto recebia valores de um dos golpes. O homem não teve o nome revelado pela polícia.

A ação foi desencadeada pela Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DCRI) em conjunto com policiais da Gerência de Polícia Especializada (GPE).

De acordo com o delegado Matheus Zanatta, coordenador da Gerência de Polícia Especializada, após estabelecer relação de confiança com as vítimas, o suspeito solicitava às vítimas que realizassem transferências bancárias, bem como doação de bens diversos para trabalhos sociais. Acreditando estarem em contato com o senador, as pessoas caíam no golpe.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Delegado Matheus Zanatta Delegado Matheus Zanatta

“Tendo recebido a informação de que mais um golpe estava em andamento, a Polícia Civil pôde se antecipar, filmar a ação criminosa, identificar os envolvidos e prender o responsável. O autor do crime realizava diversas ações sociais, junto a sua Igreja, e acompanhando políticos e assessores, a partir de onde realizava contatos, podendo selecionar possíveis vítimas”, explicou Zanatta.

Até o momento, os policiais da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática identificaram quatro mulheres, vítimas do mesmo golpe. Caso alguma pessoa se sinta lesada, a Polícia Civil dispõe do canal online para denúncias através do link: http://www.pc.pi.gov.br/denuncia_anonima.php