Amarante - PI

Homem vai a Júri Popular acusado de matar filho de policial no Piauí

A sentença de pronúncia proferida pelo juiz Netanias Batista de Moura é desta quarta-feira (24).

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O juiz de direito Netanias Batista de Moura, da Vara Única de Amarante, decidiu que Lucas Odorico Bezerra vai a julgamento pelo Tribunal Popular do Júri pelo assassinato de José Enock da Silva Sousa Neto, filho de um policial identificado como Enoque. A sentença de pronúncia é desta quarta-feira (24).

Segundo denúncia do Ministério Público do Estado do Piauí, o acusado relatou que no dia 25 de dezembro de 2015 foi agredido pela vítima com uma garrafada na cabeça, quando se encontravam numa festa no Iate Club, em Amarante.

Consta ainda que já no dia 26 de dezembro de 2015, o réu convidou a vítima para irem fumar maconha nas proximidades do riacho Mulato, oportunidade em que Lucas desferiu vários golpes de faca na vítima e, após a morte desta, enterrou o corpo.

O magistrado entendeu que estão comprovadas a autoria e materialidade do delito e acolheu as alegações do MP para pronunciar Lucas que vai a Júri Popular por homicídio triplamente qualificado por crime cometido por motivo torpe, meio cruel e sem dar condições à vítima de se defender.