União - PI

Identificadas vítimas de explosão na usina da empresa Comvap

De acordo com o major Pessoa, comandante do 13° Batalhão da Polícia Militar, a explosão foi gerada após o rompimento de uma válvula de pressão no setor de produção da empresa.

Jeyson Moraes
Teresina
- atualizado

O Instituto Médico Legal (IML), identificou na manhã desta quarta-feira (13) a vítima fatal da explosão na usina de açucar da empresa Comvap, localizada na cidade de União, a 57 Km de Teresina. A vítima trata-se do engenheiro eletricista Cavalcante Veloso da Costa, de 71 anos, ele era natural de Recife-PE.

Segundo o delegado da cidade de União, Francílio Queiroz, os outros dois homens que ficaram feridos na explosão foram identificados apenas como Ariovaldo Douglas, que é engenheiro eletricista e César Carlos, eletricista na empresa.

Entenda o caso

Uma explosão no setor de produção da usina de açúcar pertencente à empresa Comvap, do Grupo Olho D`água, resultou na morte de um homem e dois feridos no final da tarde desta terça-feira (12), por volta das 17h30, na cidade de União.

De acordo com o major Pessoa, comandante do 13° Batalhão da Polícia Militar, a explosão foi gerada após o rompimento de uma válvula de pressão no setor de produção da empresa. “A perícia foi acionada para investigar o motivo do rompimento. Nossa guarnição foi até o local e isolou a área onde estavam as vítimas, tanto a fatal como as feridas”, detalhou o major.

Confira a nota de esclarecimento da Comvap

Sobre o acidente envolvendo a explosão de uma válvula de vapor, ocorrido na tarde desta terça-feira, 12, na Comvap, o que podemos dizer nesse momento é que o trabalho na indústria segue normalmente. O acidente foi localizado e não impede o funcionamento dos outros setores da empresa.

Um perito externo também já foi convocado para fazer um levantamento sobre as causas do acidente, mas o laudo ainda não foi concluído.

Nesta manhã, gerentes da empresa também se mobilizaram e se dividiram no atendimento às questões que são urgentes e prioritárias, em especial, no atendimento às vítimas que, como já adiantamos, todas estão recebendo o atendimento médico necessário, inclusive com acompanhamento de médico especialista em queimaduras.

A respeito da vítima fatal, a diretoria está providenciando junto ao IML a liberação do corpo, bem como sua transferência por avião para Recife. Tal questão envolve burocracia e leva um certo tempo, mas está sendo cumprida dentro da Lei e, principalmente, com todo o respeito à sua família.

A diretoria da Comvap lamenta o ocorrido e se solidariza com todos os envolvidos. Ressalta ainda que está dando todo o atendimento necessário às vítimas e prestando todos os esclarecimentos aos órgãos competentes.

Nomes das vítimas:
Flávio Cavalcante Veloso da Costa, engenheiro eletricista, 65 anos, consultor da empresa há mais de 20 anos.
Ariovaldo Douglas, engenheiro eletricista, 33 anos
César Carlos Mesquita, eletricista, 44 anos

Mais conteúdo sobre: