Corrente - PI

IFPI investiga estupro contra estudante durante viagem a Tocantins

Em nota, o instituto informou que ao tomar conhecimento do caso os docentes responsáveis pela atividade entraram, imediatamente, em contato com o pai da estudante.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O Instituto Federal do Piauí (IFPI) informou, nesta quarta-feira (22), que foi instaurado processo de sindicância para investigar violência sexual sofrida por uma estudante do campus de Corrente durante viagem técnica ao estado do Tocantins, no dia 10 de maio.

Em nota, o instituto informou que ao tomar conhecimento do caso os docentes responsáveis pela atividade entraram, imediatamente, em contato com o pai da estudante, que solicitou que após a viagem fossem tomadas as devidas providências.

“Após a consulta sobre desejo de registro de ocorrência policial, realização de exame de corpo de delito ou assistência médica, a mesma respondeu não desejar tomar tais providências, decisão esta informada ao pai, que concordou com a decisão”, afirmou o IFPI.

Confira abaixo a nota na íntegra:

Sobre denúncia de violência sexual sofrida por estudante do Instituto Federal do Piauí durante visita técnica, no dia 10 de maio ao estado do Tocantins, informamos que, tomando conhecimento do ocorrido, os docentes responsáveis pela atividade, imediatamente entraram em contato com o pai da estudante, o qual solicitou que após a viagem fossem tomadas as devidas providências.

Após a consulta sobre desejo de registro de ocorrência policial, realização de exame de corpo de delito ou assistência médica, a mesma respondeu não desejar tomar tais providências, decisão esta informada ao pai, que concordou com a decisão. Ainda no dia 10 de maio, os docentes reportaram o ocorrido à Direção do Campus, que instaurou processo de sindicância, ação recomendada pelo regulamento da Organização Didática.

A fase em que se encontra o processo é de apuração, com início de tomada de depoimentos. Quanto ao envolvimento de discentes da Universidade Estadual do Piauí, a Direção Geral do Campus informa que enviou ofício notificando a Instituição sobre o ocorrido.

Mais conteúdo sobre: