Timon - MA

Integrantes de facção são presos acusados de executar homem em Timon

Conforme a Polícia Civil do Maranhão, o crime foi filmado e divulgado em redes sociais, justamente no momento em que os acusados realizaram os disparos contra a vítima.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

Seis integrantes da facção criminosa Bonde dos 40 foram presos nesta quarta-feira (09) acusados de terem envolvimento no assassinato de um homem identificado como Alex Lima, 30 anos. O rapaz foi torturado e morto no dia 03 de maio deste ano, no Residencial Lourival Almeida, em Timon. Os suspeitos não tiveram os nomes revelados pela polícia.

Conforme a Polícia Civil do Maranhão, a prisão ocorreu por meio da Delegacia de Homicídios de Timon. O crime foi filmado e divulgado em redes sociais, justamente no momento em que os acusados realizaram os disparos contra a vítima.

  • Foto: Divulgação/PC-MAAcusados presos pela Polícia Civil do MaranhãoAcusados presos pela Polícia Civil do Maranhão

Segundo a polícia, Alex Lima e dois amigos, todos da zona norte de Teresina, estavam se deslocando para o Residencial Lourival Almeida a procura de familiares e se perderam.

Todos estavam em um veículo e ao repararem que não tinham conhecimento do caminho, realizaram uma manobra com o carro. Neste momento, os acusados abordaram as vítimas com disparos de arma de fogo. Os dois amigos de Alex conseguiram fugir e somente ele ficou sozinho.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, os criminosos conseguiram capturar Alex, que foi torturado e teve sua execução filmada. O vídeo chegou aos familiares da vítima, que procuraram a Delegacia de Homicídios e após diligências, os policiais encontraram o corpo de Alex enterrado.

Foram apontados os executores e os mandantes do crime, dentre eles, está um que é considerado um dos líderes da facção do estado do Piauí e outros dois indivíduos que também possuem liderança e foram conduzidos ao Presídio Jorge Vieira.

Mais conteúdo sobre: