Teresina - PI

Jovem deixou pai em casa antes de ser executado a tiros no bairro Noivos

“A gente veio da Canadá [concessionária] hoje, umas 14h30, quando ele me deixou e saiu dizendo que ia pegar um amigo no aeroporto”, relatou o pai de Ithalo.

Wanessa Gommes
Teresina
Fábio Wellington
Teresina
Victória Xavier
Teresina
- atualizado

Paulo Humberto, pai de Ithalo Cardoso Lima, morto a tiros, na tarde desta sexta-feira (25), dentro de um carro próximo ao Teresina Shopping, disse que o filho, que tinha 27 anos, o deixou em casa poucos antes de ser assassinado. Com ele, estava Paulo Augusto Bezerra de Figueiredo que também morreu.

Segundo ele, o filho havia comprado o Chevrolet Onix, onde foi morto, há pouco tempo. “Eu sempre conversava com ele, ele comprou esse carro e mostrou para mim hoje falando que já estava no nome dele”, contou.

  • Foto: Reprodução/WhatsAppIthalo Cardoso, morto a tiros dentro de um carroIthalo Cardoso, morto a tiros dentro de um carro

“A gente veio da Canadá [concessionária] hoje, umas 14h30, quando ele me deixou e saiu dizendo que ia pegar um amigo no aeroporto”, relatou o pai de Ithalo.

Paulo disse que soube da morte de Ithalo através do outro filho. “Mais tarde o irmão dele me ligou falando que ele tinha falecido. Alguns amigos dele são de bem, gente boa, pode até ter um que não seja boa peça, mas eu não conheço”, afirmou.

Ele também disse que não conhecia Paulo Augusto. Ithalo morava com o irmão no bairro Três Andares.

NOTÍCIA RELACIONADA

Dois jovens são executados dentro de carro próximo ao Teresina Shopping