Eleições 2018

JVC rebate Robert Rios e volta a defender formação de blocão da oposição

"Eu tenho uma tese que a oposição dividida se enfraquece e isso é por experiência de vida política”, declarou João Vicente.

RAISA BRITO
BRUNNO SUÊNIO
NAYRANA MEIRELES
DE TERESINA
- atualizado

O ex-senador João Vicente Claudino (PTB) reagiu às declarações do deputado estadual e pré-candidato ao Senado Robert Rios (DEM) sobre a composição de um chapa única de oposição. JVC acredita que toda a oposição deve se unir em um único grupo, formando um 'blocão', enquanto Robert quer distância da chapa que está sendo desenhada pelo empresário.

Na última sexta-feira (13), Robert descartou a união das duas chapas e foi duro ao dizer que: “João Vicente não manda nem no Paraíba, imagine na nossa campanha. Nem no Paraíba ele está dando pitaco, imagine na nossa campanha”. Para ele, a chapa da oposição a Wellington Dias já está formada: “Luciano é candidato ao Governo, Wilson Martins e Robert Rios candidatos ao Senado e o vice será indicado pelo Mão Santa”.

  • Foto: Lucas Dias/ GP1João Vicente e Robert RiosJoão Vicente e Robert Rios

JVC rebateu o deputado afirmando que “quem tem boca diz o quer”. “Eu não vou aqui dizer o que a outra coligação tem que fazer ou deixar de fazer. Também não aceito aqueles que não são na nossa coligação também dizer [o que temos que fazer]. Quem tem boca diz o que quer”, declarou.

O empresário ainda destacou que para ele, a oposição dividida se enfraquece. “Eu defendo a tese de um candidato único da oposição. Eu acho que esse é o entendimento entre nós, o Pessoa, o Elmano e diversos partidos que estão juntos, isso aí nós já consolidamos. Eu tenho uma tese que a oposição dividida se enfraquece e isso é por experiência de vida política”, declarou.

Para ele, há vários critérios que dificultam a vitória na eleições, quando se trata de uma oposição dividida. “Em 2010 foram dois candidatos na oposição, eu e o ex-Silvio Mendes. Gerou segundo turno, mas não ganhou eleição. Até porque há uma série de contingências. Você transferir voto de segundo turno, dependendo da diferença de votos do primeiro colocado para o segundo colocado, é muito complicado. Quando você vai formar essa chapa, você tem que formar chapa competitiva e tem também o tempo de televisão, que você vai ter para passar sua mensagem para conhecimento da população. Tudo isso define esse posicionamento”, explicou o empresário.

MATÉRIAS RELACIONADAS

Deputado Robert Riosdescarta senador Elmano Férrer e Dr. Pessoa em chapa única da oposição

João Vicente Claudino declara apoio a Dr. Pessoa na disputa ao Senado Federal

MAIS NA WEB