Política

Lula deixa a prisão em Curitiba após decisão do STF

O ex-presidente ficou preso um ano e 7 meses e foi beneficiado por decisão do Supremo que reconhece o direito de réus responderem a recursos em liberdade.

Por  Estadão Conteúdo
- atualizado

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deixou a prisão em Curitiba após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta sexta-feira (8). Lula saiu da Superintendência da Polícia Federal (PF) por volta das 17h40.

Ao sair da sede da PF, o ex-presidente fez um discurso no qual agradeceu a militantes que ficaram em vigília por 580 dias e fez críticas ao que chamou de "lado podre do Estado brasileiro, da Justiça, do Ministério Público, da Polícia Federal e da Receita Federal".

  • Foto: Gabriela Biló/Estadão ConteúdoEx-presidente LulaEx-presidente Lula

Condenado em duas instâncias no caso do tríplex no Guarujá, no âmbito da Operação Lava Jato, Lula cumpria pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias. Agora, o juiz Danilo Pereira Jr. autorizou que Lula recorra em liberdade.

Nesta quinta-feira (7), por 6 votos a 5, o STF decidiu derrubar a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância, alterando um entendimento que vinha sendo adotado desde 2016.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Polícia Federal não prepara esquema especial para soltura de Lula

Justiça manda soltar Lula após decisão do STF

STF derruba prisão após 2ª instância e abre caminho para a soltura de Lula

Mais conteúdo sobre: