Política

Maia negocia inclusão de Estados na reforma da Previdência

Presidente da Câmara defende que Estados e municípios entrem na proposta ainda na Comissão Especial.

Por  Estadão Conteúdo

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) voltou a defender que Estados e municípios estejam incluídos na reforma da Previdência ainda no relatório que deve ser votado na Comissão Especial nos próximos dias.

O deputado, que entende a inclusão de Estados e municípios na reforma como "fundamental", disse estar comprometido em receber pessoalmente todos os governadores antes que o relator da reforma, Samuel Moreira (PSDB-SP), faça leitura da complementação de seu relatório. As declarações foram publicadas nesta terça-feira, 25, no perfil oficial de Maia no Instagram.

  • Foto: Dida Sampaio/Estadão ConteúdoRodrigo MaiaRodrigo Maia

"Alguns governadores devem estar em Brasília entre hoje e amanhã. Eu pretendo, antes do relator ler a complementação de voto, ter conversado com todos os governadores sobre algum acordo para a inclusão dos governadores ainda na Comissão Especial", disse Maia. "A gente precisa ter um certo cuidado porque as vezes avança rápido e a gente depois descobre que tinha espaço para fazer acordo com os governadores. Incluir Estados e municípios é fundamental", argumentou.

Rodrigo Maia falou ainda sobre a reforma tributária que deve ser tocada pelo Congresso. Segundo ele, juntas, as reformas da Previdência e tributária poderão colaborar para o restauro da capacidade de investimento do governo federal. Nas contas do parlamentar, as reformas podem elevar o patamar de investimento para algo entre "R$ 150 bilhões e R$ 200 bilhões", sendo que hoje os valores variam, ainda segundo Maia, de R$ 60 bilhões a R$ 80 bilhões. "A reforma vai garantir no orçamento do ano que vem um crescimento enorme de receitas, sendo que o orçamento do ano que vem é impositivo nos investimentos", explicou o deputado.