Brasília - DF

Merlong Solano participa de mobilização em defesa da educação

Professores, funcionários e estudantes fazem atos em todo o país em defesa da educação pública de qualidade.

- atualizado

O deputado federal Merlong Solano participou, nesta quarta-feira (15), da mobilização nacional contra o corte no orçamento das universidades e institutos federais anunciado pelo governo Bolsonaro. Professores, funcionários e estudantes fizeram atos em todo o país em defesa da educação pública de qualidade.

"As Universidades Públicas, embora com distorções e problemas, são indispensáveis à pesquisa científica e tecnológica e ao desenvolvimento do Brasil como nação capaz de incluir todos os seus filhos e filhas. Muito grave pois que o ministro da educação anuncie corte de 30% do orçamento como instrumento de punição a algumas universidades onde ocorreram manifestações. Depois, tentando dar caráter técnico à medida repressiva, ele estendeu o corte a todas as universidades e institutos federais, agravando assim a situação dessas instituições, cujo orçamento de custeio e investimento caiu, conforme valores empenhados, de R$ 8,6 bilhões em 2013 para 6,0 bilhões em 2017", destaca o parlamentar.

  • Foto: Divulgação/AscomMerlong SolanoMerlong Solano

Merlong afirma que o governo Bolsonaro elegeu os sindicatos e as universidades públicas como inimigos a serem perseguidos. "O regime bolsonariano, pautado na intolerância, tem natureza antipopular e antinacional, não combina com desenvolvimento da educação. Muito menos com universidade livre, plural e criativa. O presidente sabe tanto sobre o sistema universitário brasileiro que afirmou que a pesquisa em nosso País é majoritariamente feita em universidades privadas. Ora, até as pedras sabem que no Brasil mais de 90% da pesquisa científica é realizada em instituições públicas de ensino, pesquisa e extensão", pontua.

  • Foto: Divulgação/AscomMerlong Solano participa de ato em defesa da educaçãoMerlong Solano participa de ato em defesa da educação
Mais conteúdo sobre: