Sussuapara - PI

MP investiga irregularidades em licitação da Prefeitura de Sussuapara

A portaria nº 48/2019 foi assinada pelo promotor de Justiça Itanieli Rotondo Sá, no dia 10 de maio.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O Ministério Público do Estado do Piauí abriu inquérito civil para investigar irregularidades em licitação na Prefeitura de Sussuapara, administrada pelo prefeito Edvardo Antônio da Rocha, mais conhecido como Pé Trocado. A portaria nº 48/2019 foi assinada pelo promotor de Justiça Itanieli Rotondo Sá, no dia 10 de maio.

O objetivo é investigar irregularidade no Pregão Presencial nº 019/2016, visto que a empresa vencedora (JMZ Serviços & Materiais de Construções Ltda-ME) não corresponde à empresa que foi efetivamente contratada.

  • Foto: Divulgação/AscomPrefeito Pé TrocadoPrefeito Pé Trocado

A licitação teve como objeto a locação de veículos e máquinas diversos para execução de serviços e reparos na sede e zona rural do município, no valor de R$ 126.250,00.

O membro do MP determinou envio de ofício ao prefeito solicitando manifestação acerca da possível irregularidade no Pregão Presencial nº 019/2016 e toda a documentação referente à licitação, no prazo de 10 dias.

Outro lado

O prefeito Pé Trocado não foi localizado pelo GP1.