Currais - PI

MP investiga situação precária em escolas municipais de Currais

A portaria nº 06/2019 foi assinada pela promotora Lenara Batista Carvalho Porto, nesta terça-feira (16).

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O Ministério Público do Estado do Piauí instaurou inquérito civil para investigar a situação estrutural da rede municipal de ensino de Currais, administrado pelo prefeito Raimundo Santos. A portaria nº 06/2019 foi assinada pela promotora Lenara Batista Carvalho Porto, nesta terça-feira (16).

O objetivo é investigar várias denúncias a respeito do estado precário em que se encontram as Unidades Escolares do município de Currais, tanto na zona rural quanto na zona urbana, no que se refere a traços básicos estruturais, de transportes, nucleação e qualitativos de ensino.

A promotora destacou que no dia 15/03/2019 foi realizada inspeção nas escolas situadas na zona rural de Currais, quais sejam, Escola Municipal de Sobradinho, Escola Municipal São Marcos, Escola Municipal Laranjeiras e Escola Municipal Correntino, quando se constatou o estado precário em que se encontram tais unidades de ensino.

Foi determinado envio de ofícios ao prefeito Raimundo Santos e ao secretário municipal de Educação para que se manifestem, no prazo de 10 dias, a contar do recebimento da respectiva notificação, sobre as denúncias.

Outro lado

O prefeito Raimundo Santos não foi localizado pelo GP1.