Lagoa de São Francisco - PI

MP quer que prefeito Veridiano Melo devolva R$ 137 mil gastos em diárias

O prefeito será intimado a comparecer a audiência designada para 17 de março de 2020, as 09h, na qual deverá dizer se aceita as condições propostas.

Gil Sobreira
Teresina
- atualizado

O Ministério Público designou audiência no âmbito do Procedimento Investigatório Criminal que apura o recebimento indevido de diárias pelo prefeito Veridiano Carvalho de Melo, do Município de Lagoa do São Francisco.

O prefeito está sendo investigado por ter recebido irregularmente R$ 137.040,00 (cento e trinta e sete mil e quarenta reais) de diárias.

A Procuradoria-Geral de Justiça está propondo acordo de não persecução penal pela pratica do crime de peculato, previsto no art.1, inciso I, do Decreto Lei 201/67, desde que os valores sejam devolvidos e regularizado o sistema de concessão de diárias.

  • Foto: FacebookVeridiano Carvalho de Melo Veridiano Carvalho de Melo

O prefeito será intimado a comparecer a audiência designada para 17 de março de 2020, as 09h, na qual deverá dizer se aceita as condições propostas.

Veridiano Melo deverá comparecer acompanhando de advogado e portando certidão de antecedentes criminais. O não comparecimento, diz a procuradoria, será interpretado como recusa em firma o acordo e ensejará a imediata propositura de ação penal.

Outro lado

Procurado pelo GP1 na manhã desta quarta-feira (19), o prefeito informou que iria se pronunciar após a audiência.