Santa Filomena - PI

MPF investiga aplicação do programa Luz para Todos no Piauí

Na portaria de nº 33, de 30 de outubro, o procurador explicou que recebeu a informação sobre supostas irregularidades no serviço de distribuição de energia elétrica no município de Santa Filomena.

Nayrana Meireles
Teresina
- atualizado

O procurador Saulo Linhares da Rocha, do Ministério Público Federal (MPF) no Estado do Piauí, instaurou um inquérito civil com o objetivo de investigar suposta irregularidade na aplicação do programa “Luz para Todos” no Piauí.

Na portaria de nº 33, de 30 de outubro, o procurador explicou que recebeu a informação sobre supostas irregularidades no serviço de distribuição de energia elétrica no município de Santa Filomena relativas ao não atendimento da comunidade de moradores da região do Vale do Rio Taquara, considerando a insuficiência de metas do programa “Luz para Todos”, ausência de obras de distribuição, bem como a carência de acesso à informação por parte da coordenação do referido programa no Piauí.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Ministério Público Federal no Piauí (MPF/PI) Ministério Público Federal no Piauí (MPF/PI)

O procurador Saulo Linhares destacou que existe a necessidade de aprofundamento da investigação e que são “funções institucionais do Ministério Público promover o inquérito civil e a ação civil pública, para a proteção do patrimônio público e social, do meio ambiente e de outros interesses difusos e coletivos”.