Regeneração - PI

MPF investiga aplicação irregular de R$ 1 milhão em Regeneração

A portaria nº 80 foi assinada pelo procurador da República, Marco Aurélio Adão, na última sexta-feira (03).

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O Ministério Público Federal no Piauí abriu inquérito civil para investigar irregularidades na aplicação de R$ 1 milhão em recursos no município de Regeneração durante a gestão do ex-prefeito Eduardo Alves Carvalho, Seu Dua. A portaria nº 80 foi assinada pelo procurador da República, Marco Aurélio Adão, na última sexta-feira (03).

O objetivo é apurar narradas na Ordem de Serviço nº 201700711 de relatório de fiscalização da Controladoria Geral da União referente à aplicação das verbas federais repassadas ao Município de Regeneração por meio de dois Termos de Compromisso para a construção de quadras esportivas escolares cobertas nas Escolas Municipais Gonçalo Nunes e Luiz Gonzaga Pires, nos valores de R$ 510 mil, cada um.

O procurador determinou expedição de ofício ao prefeito de Regeneração, Hermes Júnior, para informar sobre as providências que estão sendo adotadas para conservação e conclusão das obras de construção das quadras de esporte das duas escolas, além de informar sobre a previsão para conclusão das obras, instruindo a resposta com os documentos pertinentes.

O FNDE também será oficiado com o objetivo de obter esclarecimentos sobre a situação atual dos referidos termos de compromisso, especialmente se houve rescisão e/ou se o Município de Regeneração já sinalizou no sentido de retomar as obras.

Outro lado

O ex-prefeito Eduardo Alves não foi localizado pelo GP1.