Manoel Emídio - PI

MPF investiga representação de vereador contra Josenildo Lial

Na representação o vereador afirmou que ocorreram supostas irregularidades na execução de convênio realizado com o Ministério da Saúde.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

A procuradora da República Cecília Vieira de Melo Sá Leitão, do Ministério Público Federal no Piauí, instaurou um inquérito civil com o objetivo de investigar uma representação feita pelo vereador Frank Pires de Souza contra o ex-prefeito de Manoel Emídio, Josenildo Lial Moreira.

Na portaria de nº 05, de 26 de março, o procurador afirmou que inicialmente foi aberto um procedimento preparatório para investigar a representação, mas com o fim do prazo de investigação, decidiu converter o procedimento em inquérito civil.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Ministério Público Federal no Piauí Ministério Público Federal no Piauí

Na representação o vereador afirmou que ocorreram supostas irregularidades na execução de convênio realizado com o Ministério da Saúde, objetivando a construção de Unidade Básica de Saúde (UBS) na localidade Água Branca, no valor de R$ 408 mil, vez que, embora tenha o ex-prefeito e o engenheiro responsável atestado a conclusão da obra em 8 de maio de 2015, ela ainda estaria parada e inconclusa

“O Ministério Público é uma instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis”, destacou a procuradora.

Outro lado

O ex-prefeito não foi localizado pelo GP1.