Sorriso - MT

Namorado de engenheira morta no MT divulga carta de despedida

"Era uma menina/mulher linda, por dentro e por fora, amorosa, grata, alegre, humilde, dedicada e decidida", relatou.

Jeyson Moraes
Teresina
- atualizado

O namorado da engenheira agrônoma Júlia Barbosa de Sousa, de 28 anos, morta com um tiro na cabeça após uma perseguição em Sorriso, Mato Grosso, divulgou uma carta de despedida. Vitor Giglio conduzia uma caminhonete na companhia da namorada quando os dois foram perseguidos por um homem por causa de uma ultrapassagem.

Júlia morava na cidade de Cornélio do Procópio, no Paraná e estava visitando o namorado. Além da visita, a jovem iria fazer uma entrevista de emprego no estado. Na carta, Jackson relata que Júlia era uma pessoa alegre e humilde.

  • Foto: Reprodução/InstagramJúlia Barbosa e Vitor GiglioJúlia Barbosa e Vitor Giglio

“Júlia Barbosa de Souza, minha namorada e apelidada carinhosamente por mim de 'Nega Ju', era uma menina/mulher linda, por dentro e por fora, amorosa, grata, alegre, humilde, dedicada e decidida, respeitava a todos e sempre esticava a mão aos mais carentes”, escreveu.

Vitor ainda contou que quando ela soube que ele teria que se mudar para o estado do Mato Grosso, ela ficou triste porque pensava que teriam que terminar o namoro. Mas segundo ele, isso só fortaleceu a relação dos dois, “isso só nos aproximou mais e nos fortaleceu. Combinamos de nos vermos a cada 45, 50 dias no máximo e cumpríamos isso à risca”, ressaltou.

  • Foto: Reprodução/InstagramJúlia Barbosa era engenheira agrônomaJúlia Barbosa era engenheira agrônoma

Ele finalizou pedindo que ela cuide de todos lá de cima e disse que ela sempre será uma bela lembrança. “Cuide de nós aí de cima. Quando nos encontrarmos, espero vê-la linda, amorosa e feliz como sempre. Perdoe todos nós. Fique em paz ao lado de Deus pai todo poderoso, de seu avô paterno e também do seu pai que você tanto amava e comentava comigo. A amo para sempre Júlia, serás sempre uma bela lembrança, és sinônimo de amor e gratidão. Ass: Vitor, seu eterno namorado”, finalizou o namorado.

O crime

Uma jovem identificada como Júlia Barbosa de Sousa morreu na madrugada deste sábado (9) ao ser atingida por um tiro na cabeça dentro de uma caminhonete em Sorriso, a 420 km de Cuiabá.

De acordo com as informações da Polícia Civil, o casal foi perseguido por um homem após uma ultrapassagem forçada. O motorista desse veículo teria ficado irritado e queria que o casal parasse o veículo.

Houve a perseguição e em determinado momento, o acusado sacou uma arma e disparou. O tiro atingiu a cabeça da vítima, que foi socorrida pelo namorado e levada até o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Jackson Furlan, acusado de cometer o crime, se apresentou na delegacia de Polícia Civil, confessou o crime e está preso.

  • Foto: Reprodução/FacebookJackson Furlan é suspeito de matar Júlia BarbosaJackson Furlan é suspeito de matar Júlia Barbosa
Mais conteúdo sobre: