Teresina - PI

"Não existe nada de errado no nosso município", diz Diego Teixeira

Em um vídeo publicado nas suas redes sociais, o prefeito contou que não se surpreende com a operação e que está colaborando com a polícia.

Jeyson Moraes
Teresina
- atualizado

O prefeito de Amarante, Diego Teixeira, divulgou um vídeo de esclarecimento sobre a “Operação Cartão Vermelho”, deflagrada na manhã desta quarta (9) pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Estado do Piauí. Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão em quatro cidades do Piauí, incluindo a residência do prefeito, em Amarante, e o escritório de advocacia Marcos André Lima Ramos, na zona leste de Teresina.

No vídeo, o prefeito contou que não se surpreende com a operação porque já passou por uma situação parecida nas eleições municipais de 2016 e comprovou posteriormente na justiça que era inocente. Ele ainda afirmou que está colaborando com a polícia.

“Olá amigos de Amarante, recebi a notícia que a Polícia Civil faz uma operação em Amarante, e isso não me surpreende. Na eleição passada, todos sabem que eu passei uma situação parecida, e depois provamos a nossa inocência na justiça. Todos conhecem a minha pessoa, a minha família e sabe do trabalho que a gente faz no nosso município. Não recebo com surpresa, porque desde 2017 os vereadores de oposição fazem denúncias no Ministério Público, nós já respondemos várias denúncias, arquivamos várias denúncias”, afirmou.

Diego Teixeira também explicou que entende o papel da polícia ao investigar as denúncias, mas ressaltou que não existe nada de errado na sua gestão. “A polícia está no papel dela de realmente investigar e trazer à tona todos os fatos, que no final nós vamos mostrar pra população que não existe nada de errado no nosso município. Fiquem tranquilos”, finalizou.

Entenda o caso

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), do Ministério Público do Estado do Piauí, com o auxílio da Polícia Civil, deflagrou a "Operação Cartão Vermelho" na manhã desta quarta (9) e cumpriu 13 mandados de busca e apreensão nas cidades de Teresina, Valença do Piauí, Campo Maior e Amarante, incluindo a residência do prefeito de Amarante, Diego Teixeira.

Os principais alvos da operação são a Prefeitura Municipal de Amarante e o escritório de Advocacia Marcos André Lima Ramos, localizado na zona leste de Teresina. A operação foi deflagrada após denúncias feitas na Câmara Municipal de Amarante.

NOTÍCIA RELACIONADA

GAECO cumpre mandados na residência do prefeito Diego Teixeira

Mais conteúdo sobre: