Piauí

Piauí registra mais de 380 focos de incêndios em seis meses

O número registrado representa um aumento de 14% em relação ao ano passado, no qual foram identificados 366 focos.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

Após o fim do período chuvoso, o Piauí já registrou mais de 380 focos de queimadas conforme aponta um levantamento realizado pelo Programa Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgado nesta segunda-feira (10).

O relatório aponta também que o Piauí atualmente se encontra na quarta posição do ranking nacional de focos de queimadas. Segundo os dados, somente neste ano o Piauí registrou 382 focos de queimadas em áreas de terrenos baldios e vegetação.

O número registrado representa um aumento de 14% em relação ao ano passado, no qual foram identificados 366 focos. Ainda conforme os dados do Inpe, o ano de 2019 já teve o mais número de focos nos últimos cinco anos, sendo que a média é de 2,3 ocorrências por dia.

O mês de junho está sendo considerado o mais preocupante, devido a um total de 53 ocorrências de fogo em vegetação. Com um número alto de ocorrências, junho é o mês com a maior média geral por mês.

Confira orelatório.

Mais conteúdo sobre: