Teresina - PI

Prazo para vacinação contra a gripe é estendido em Teresina

O público-alvo deve se dirigir a uma das 65 Unidades Básicas de Saúde, além do Centro Lineu Araújo e Hospital Infantil Lucídio Portela, disponibilizados pela Fundação Municipal de Saúde.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

O prazo de vacinação contra a gripe em Teresina, que se encerraria nesta terça-feira (30), foi estendido enquanto durar o estoque das vacinas.

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) constatou que os grupos prioritários, como crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 6 anos, professores, gestantes e mães no pós-parto (até 45 dias) ainda não atingiram a cobertura vacinal ideal, apresentando números abaixo das metas de imunização estabelecidas para Teresina.

Até esta terça-feira (30), o grupo com menor cobertura vacinal era os das mães no pós-parto, com 32,27%. Em seguida, as gestantes, com 41,24% e o de crianças, com 45,38% da cobertura vacinal. Ao todo, 3.470 professores foram vacinados, número inferior ao registrado na campanha de 2019, quando foram vacinados 11.477 profissionais.

A diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba, fez um apelo para que o público-alvo procure os postos de vacinação. “Precisamos vacinar essas pessoas porque elas são muito importantes no controle da epidemia do vírus da influenza. A vacina é composta por vírus inativado, é segura, previne a doença e também complicações de saúde”, afirma a diretora.

O público-alvo deve se dirigir a uma das 65 Unidades Básicas de Saúde, além do Centro Lineu Araújo e Hospital Infantil Lucídio Portela, disponibilizados pela Fundação Municipal de Saúde.

A FMS alerta ainda que a vacina não tem eficácia contra o novo coronavírus, mas contra a gripe, doença respiratória causada pelo vírus Influenza, que pode ser grave.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Campanha de vacinação contra a gripe encerra hoje em Teresina

Mais conteúdo sobre: