Guadalupe - PI

Prefeita Neidinha diz que não há pendência financeira junto ao Sindserm

A declaração foi dada depois que o presidente do Sindicado dos Servidores Públicos de Guadalupe (SINDSERM), Ofrânio Dias, acusou a prefeita de "crime de apropriação indébita”.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

A prefeita de Guadalupe, Neidinha Lima, rebateu, nesta quarta-feira (29), a acusação feita pelo presidente do Sindicado dos Servidores Públicos de Guadalupe (SINDSERM), Ofrânio Dias, nas redes sociais, de que a sua gestão “falta com compromissos” e “prática crime de apropriação indébita”.

Em nota de repúdio, a prefeita lamentou e chamou de absurda a acusação. Ela explicou ainda que não há nenhuma pendência financeira. “Ao procurar a Prefeitura, a entidade Sindical foi devidamente informada que o Secretário responsável pelos pagamentos e repasses, encontra-se internado na cidade de Teresina há sete dias, em tratamento contra a covid-19 e que tão logo melhorasse, faria o repasse pleiteado, o que de fato já foi devidamente realizado, não existindo nenhuma pendência financeira junto à entidade”, afirmou.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Neidinha, Prefeita de Guadalupe Neidinha, Prefeita de Guadalupe

“Repudiamos a atitude do presidente do SINDSERM e torcemos para que a atual direção do referido sindicato repense sua forma de atuação e passe a atuar com urbanidade, respeito as instituições, seus representantes e a própria vida humana”, destacou a prefeita.

Confira abaixo a nota na íntegra:

A Prefeita Municipal de Guadalupe, Estado do Piauí, Neidinha Lima vem demostrar publicamente seu completo descontentamento bem como manifesta seu profundo desgosto em face da NOTA DE REPÚDIO do Sindicado dos Servidores Públicos de Guadalupe - SINDSERM, presidido pelo Sr. Ofrânio Dias, a qual foi publicada em redes sociais na data de 29 de julho do corrente ano.

Lamentável e absurda à acusação feita pelo referido Presidente, ao acusar a gestão de “faltar com compromissos” e que a mesma vem “praticando crime de apropriação indébita”, quando na verdade, ainda estamos dentro do mês de julho com apenas um repasse em processamento para transferência ao mencionado Sindicato.

Ao procurar a Prefeitura, a entidade Sindical foi devidamente informada que o Secretário responsável pelos pagamentos e repasses, encontra-se internado na cidade de Teresina há sete dias, em tratamento contra a Covid-19 e que tão logo melhorasse, faria o repasse pleiteado, o que de fato já foi devidamente realizado, não existindo nenhuma pendência financeira junto à entidade.

A atual gestão municipal sempre se pautou pela valorização dos servidores municipais, com pagamentos de salários em dia. Hoje, por exemplo, dia 29/07/2020, os pagamentos dos servidores da Educação já se encontram nas contas dos trabalhadores, tanto o salário de julho como as férias e o décimo terceiro. Quanto aos demais órgãos da Administração Municipal, serão pagos amanhã dia 30/07/2020. Tal fato, o referido sindicato deveria reconhecer ao invés de publicar notas absurdas e levianas contra a atual gestão municipal simplesmente por questões de adversidades políticas.

Atualmente, Guadalupe possui uma gestão comprometida com os interesses do Município e de seus servidores. Nesse momento, nos surge uma pergunta: onde estava o atual presidente do sindicato quando o ex-prefeito não pagou os salários de dezembro, o décimo terceiro e o INSS de 2016 dos servidores? Não vimos nenhuma manifestação na justiça e nem uma nota sequer na imprensa local. A atual gestão, sim, é preocupada com seus servidores, tanto que, para não amargurarem com o prejuízo causado por aqueles que não tiveram o devido compromisso, realizou os pagamentos deixados pelo antigo gestor, quais sejam os meses de dezembro/2016, décimo terceiro do ano de 2016 e INSS de dezembro de 2016.

A postagem do sindicato revelou-se desnecessária, inconveniente e de uma desumanidade sem tamanho, sem nenhuma consideração à vida humana e ao estado de saúde de um colega de trabalho que se encontra internado, acometido pela covid-19.

Por fim, repudiamos a atitude do presidente do SINDSERM e torcemos para que a atual direção do referido sindicato repense sua forma de atuação e passe a atuar com urbanidade, respeito as instituições, seus representantes e a própria vida humana.

Neidinha Lima
Prefeita Municipal

Mais conteúdo sobre: