Paes Landim - PI

Procuradora investiga irregularidades na gestão do prefeito Gutim

A procuradora ainda determinou que seja expedido ofício ao prefeito Gutim, para que se manifeste sobre o caso.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O Ministério Público Federal no Piauí (MPF-PI), por meio da procuradora da república Cecília Vieira de Melo Sá Leitão, instaurou um inquérito civil com o objetivo de investigar irregularidades na prefeitura de Paes Landim, que tem como gestor Gutemberg Moura de Araújo, mais conhecido como Gutim.

Na portaria de nº 38, de 27 de novembro, a procuradora explicou que foi instaurada uma Notícia de Fato para apurar possíveis irregularidades relacionadas ao controle do horário de trabalho de servidores, em especial de médicos e odontólogos, no âmbito do município de Paes Landim.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Ministério Público Federal no Piauí (MPF/PI) Ministério Público Federal no Piauí (MPF/PI)

Como existe a necessidade de apurar mais informações sobre o caso, ela decidiu instaurar um inquérito civil. “ A Constituição Federal impõe à administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios a observância dos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência”, explicou a procuradora na portaria.

A procuradora ainda determinou que seja expedido ofício ao prefeito Gutim, para que se manifeste quanto à publicação da escala de plantão dos servidores vinculados ao SUS no município de Paes Landim.

Outro lado

Procurado pelo GP1 nessa quarta-feira (29) o prefeito não foi localizado para comentar o caso. O GP1 fica aberto a quaisquer esclarecimentos.

Mais conteúdo sobre: