Piauí

Professor Diógenes Meireles vai disputar presidência do Sindserm

A eleição deverá ocorrer em fevereiro de 2017.

Germana Chaves
Teresina

O professor de História, Diógenes Meireles, está se colocando como alternativa para disputar a presidência do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teresina (Sindserm). A eleição deverá ocorrer em fevereiro de 2017.

Ao GP1, na manhã deste sábado (29), Diógenes que encabeça a chapa, “Renovar é Preciso”, declarou que a motivação para concorrer veio pela vontade de representar, de fato, os servidores do município o que, segundo ele, não tem sido feito pelo Sindicato atual.

  • Foto: Brunno Suênio/GP1Diógenes Meireles Diógenes Meireles

“Sou professor há 9 anos e decidi me colocar à disposição por perceber a necessidade de uma representatividade maior junto aos nossos governantes, pois hoje os servidores do município estão abandonados pelo atual sindicato. Contamos com um grupo motivado para buscarmos as mudanças e alcançarmos a vitória em prol do sindicato. O nosso grupo "Renovar é Preciso" está distribuído em quase todas as secretarias de Teresina e possui uma articulação forte”, disse o professor.

Diógenes ressaltou as bandeiras que pretende defender se for eleito. “Vamos colocar um sindicato atuante para o servidor, trazendo benefícios e ganhos reais como, por exemplo, com uma assessoria jurídica de qualidade, discutir planos de cargos, carreiras e salários de algumas categorias.  Nessa situação posso citar os agentes comunitários de saúde, os pedagogos, os agentes de trânsito, os técnicos administrativos. Precisamos de um movimento sindical forte para darmos dignidade aos servidores”, ressaltou Diógenes.