Teresina - PI

Rubenita: "Assis usa a covid-19 para destilar ódio contra Bolsonaro"

A advogada, que possui contato direto com Bolsonaro, questionou a Assis Carvalho que ações efetivas ele e o Governo do Piauí estão adotando para, de fato, suavizar o impacto negativo da crise.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

A advogada Rubenita Lessa não poupou palavras para rebater as críticas do deputado federal Assis Carvalho (PT-PI) direcionadas ao presidente da República Jair Messias Bolsonaro. Em recente entrevista ao GP1, Assis avaliou como genocida a visão de Bolsonaro em relação a pandemia de coronavírus, uma vez que, o presidente tem defendido a volta das atividades comerciais no país mantendo o isolamento dos grupos considerados de risco e que poderiam ser os maiores penalizados com a covid-19.

“O deputado Assis como muitos outros políticos, está usando a covid-19 como plataforma política para destilar seu ódio ao presidente. Dizer que o presidente tem visão de genocida e que está estimulando a morte coletiva dos idosos é no mínimo vigarice intelectual ou pelo menos um ato de irresponsabilidade”, disparou a advogada em entrevista ao GP1 nessa sexta-feira (03).

Rubenita, que possui contato direto com Bolsonaro, questionou a Assis Carvalho que ações efetivas ele e o Governo do Piauí estão adotando para, de fato, suavizar o impacto negativo da crise na vida financeira da população.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Rubenita LessaRubenita Lessa

“A propósito, já que ele tem uma visão tão humanista, que propostas de renúncia fiscal (IPVA, ICMS e outras), dele ou do governador foram apresentadas? Quais as ações feitas para garantir o sustento dos pequenos comerciantes, pedreiros, cabeleireiras, vendedores ambulantes, floristas? Nenhuma”, argumentou a advogada.

Rubenita Lessa voltou a se referir ao termo genocídio e citou os nomes de alguns ditadores para falar sobre a simpatia do Partido dos Trabalhadores com esses personagens da história mundial.

“Genocídio pressupõe extermínio de um povo, coisa que foi feita por aqueles que o PT apoia, como Fidel Castro, Muamar Kadafi, Hugo Chávez. Compactuar com esse discurso é endossar a hipocrisia de uma classe política de esquerda que não se conformou em perder o poder para a direita, ou seja, para o próprio povo”, rebateu ela.

Lessa também desafiou Assis Carvalho a sair as ruas, assim como fez recentemente Bolsonaro, para saber de perto a opinião do povo em relação a tudo que tem ocorrido, sobretudo, nas últimas semanas após o avanço do coronavírus.

“Desafio o deputado Assis a ir às ruas como Bolsonaro pra ouvir o povo, principalmente aqueles que estão passando fome, e ver o que deles irá receber. O deputado esquece que vidas humanas e a saúde delas não podem ser politizadas”, finalizou Rubenita.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Assis Carvalho diz que Bolsonaro tem visão genocida sobre a covid-19

Em pronunciamento, Jair Bolsonaro pede abertura do comércio