Teresina - PI

Sebrae e Senai promovem Workshop de Oportunidades em Teresina

A parceria vem dando certo e já atendeu mais de 70 mil pessoas em todo o estado do Piauí, de acordo com Mardônio Neiva.

Jonas Carvalho
Teresina
- atualizado

Workshop de Oportunidades é realizado no Sebrae em Teresina

O Sebrae realizou na manhã desta sexta-feira(15) o Workshop de Oportunidades para reeducandos do sistema carcerário do Piauí que cumprem pena em regime aberto. Na ocasião, analistas do SEBRAE e do SENAI apresentaram soluções para a reinserção dos reabilitados no mercado de trabalho.

Ocorrido na sede da instituição e com Senai, Tribunal de Justiça, através da Vara de Execuções Penais e a Secretaria de Justiça do estado do Piauí, o Workshop promoveu a apresentação do programa Reconstruindo Vidas que se objetiva em prevenir a reincidência criminal e cria oportunidades no mercado de trabalho por intermédio de parcerias público-privadas.

“Hoje eu tenho família, hoje eu tenho responsabilidade, hoje eu não preciso andar armado”, relatou José Eufrazino, ex-detento que hoje é assistido pelo programa do SEBRAE.

O Coordenador das Alternativas Penais, Jordache Silva, tem boas projeções para o projeto no ano de 2019.

“Temos a expectativa nesse ano vamos fazer um acompanhamento de 5 mil pessoas só em Teresina. Praticamente 50% do público trabalhado pela Secretaria de Justiça está em alternativa penal. As pessoas que estão aqui podem melhorar a sociedade, fazendo cursos sendo empreendedores, trazendo emprego e renda e isso é importante”, concluiu Jordache.

O projeto que contempla os reeducandos em regime aberto oferece, além da qualificação de mão de obra em áreas de serviços com maior necessidade, propõe ao empreendedor educação financeira necessária para gerir o seu negócio.

“A missão do Senai não é apenas formar, criar oportunidades, e sim potencializar ações e a capacidade de cada um de vocês têm dentro de si da experiência alcançada ao longo da vida”, informou o superintendente do Sesi e diretor regional do Senai no Piauí, Mardônio Neiva.

Hoje oferecendo cursos na área da mecânica, tecnologia da informação e construção civil, a parceria vem dando certo e já atendeu mais de 70 mil pessoas em todo o estado do Piauí, de acordo com Mardônio Neiva.