Dom Inocêncio - PI

Sem transporte, alunos ainda não iniciaram aulas em Dom Inocêncio

As aulas iniciaram no dia 28 de fevereiro, mas alunos da zona rural do município ainda não conseguiram assistir aula.

Andressa Martins
Teresina
- atualizado

Pais de alunos denunciam ao GP1 a falta de transporte escolar no município de Dom Inocêncio, distante 615 km da capital Teresina. O ano letivo na rede municipal começou no dia 28 de fevereiro e até agora boa parte dos carros do transporte escolar não começou a circular nas comunidades rurais.

Na escola da comunidade Novo Exu, distante cerca de 40 km da cidade, vários alunos ainda não apareceram para estudar em 2019. Duas rotas eram feitas pelos carros do transporte escolar da prefeitura para buscar os estudantes da região, mas nenhuma delas funcionou este ano.

  • Foto: Arquivo Pessoal/Jandirene de Sousa DiasEscola comunidade Novo Exu Escola comunidade Novo Exu

A filha da dona de casa Jandirene de Sousa Dias, de apenas 9 anos, ainda não conseguiu ir à escola neste ano por falta do transporte escolar. Além da criança, outros 11 estudantes da comunidade de Barrinha, distante cerca de 8 km da escola de Novo Exu, não iniciaram o ano letivo.

“Faz um mês que as aulas da escola do Novo Exu começaram e até agora não tem carro pegando os alunos. Só estão indo os que podem ir a pé. Os que moram longe não estão indo porque os carros não estão passando. Já fomos reclamar na secretaria e eles não tomam providência. Só dizem que não podem fazer nada”, afirmou Jandirene.

A dona de casa disse ainda que algumas crianças têm que percorrer três quilômetros de bicicleta para chegar até uma unidade escolar. “Tem criança de oito anos andando três quilômetros de bicicleta [até a escola]. Até chuva a criança leva na estrada”, disse.

  • Foto: Arquivo Pessoal/Jandirene de Sousa DiasJandirene e sua filha Jandirene e sua filha

Alunos perdendo prova

O GP1 tomou conhecimento de que nesta segunda-feira (8) iniciam-se as provas da rede municipal. De acordo com a denunciante, a prefeitura informou que não vai repor as aulas perdidas.

“Hoje já são as provas dos que estão estudando. E os alunos que não estão indo vão ficar sem fazer. Eles disseram que as matérias que já foram dadas até aqui para os que estão estudando não vão mais ser ensinadas para os que não estão indo”, relata a dona de casa.

  • Foto: Facebook/Prefeitura de Dom InocêncioPrefeita VirgíniaPrefeita Virgínia

Outras comunidades sem transporte

A mesma situação também é enfrentada por estudantes do povoado Moreira, distante mais 60 km da zona urbana. Os alunos que moram na comunidade precisam se deslocar cerca de 20 km até a escola municipal situada na comunidade de Salgado, mas ainda não conseguiram frequentar as aulas por falta do transporte. Os pais temem a perda do ano letivo.

Outro lado

A prefeita Virgínia (Progressistas) não foi localizada pelo GP1.