Teresina - PI

Sinalização é implantada em corredores de ônibus em Teresina

A sinalização foi colocada após cobranças do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Rodoviário (Sintetro). Além disso, o sindicato critica o modelo de corredores dos ônibus na capital.

Laura Moura
Teresina
- atualizado

As implantações de tachões, também conhecidos como “tartarugas” e segregadores foram iniciadas na Avenida Henry Wall, localizado na zona sul de Teresina. De acordo com a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), a sinalização será utilizada para dividir os corredores dos ônibus das demais vias.

  • Foto: Divulgação/Ascomsinalização implantadasinalização implantada

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Rodoviário (Sintetro), Fernando Feijão, explicou que a sinalização já estava sendo cobrada. “Essa foi uma das questões que nós cobramos muito da Strans para que fosse colocada alguma proteção nesses corredores para evitar acidentes, visto que este desnível é muito alto”, comentou.

Além disso, os representantes do sindicato chegaram a visitar outras capitais que também possuem estes corredores e constataram algumas diferenças com o modelo implantado em Teresina. “Nós do sindicato chegamos a visitar outras capitais que também utilizam estes corredores como Fortaleza, Recife, Natal e São Paulo. Porém, em todas as cidades o corredor possui o mesmo nível da rua ou rebaixado um pouco, mas nunca levantada. O único projeto de suspender as paradas foi aqui em Teresina”, relatou Fernando.

Outro lado

Procurado pelo GP1, o diretor de trânsito e sistema viário da Strans, José Falcão, explicou o motivo do desnível nos corredores. “O desnível de acordo com a topografia e altimetria do terreno. Então, nós temos em Teresina algumas avenidas que possuem subidas ou descidas, causando os desníveis. Para que nós conseguíssemos deixar as estações planas, de tal forma que os passageiros consigam embarcar no ônibus, obviamente que o veículo também deve estar plano e por isso, ocorreu o nivelamento”, informou.

Além dos tachões, os segregadores também serão utilizados para garantir mais segurança. “Nós utilizaremos os tachões, conhecido como tartaruga, e os segregadores. Só com os tachões, é possível o veículo conseguir passar, mas com o segregador não, já que ele foi feito para aumentar a segurança, principalmente nas estações em que existe um pavimento rígido. Agora, existe a mentalidade humana. A pessoa tem que assumir as responsabilidades ao conduzir um veículo”, finalizou.

Mais conteúdo sobre: