Teresina - PI

Soldado do Exército é preso dentro do 25º BC com iPhone roubado

De acordo com informações do delegado do 12º Distrito Policial, Aldemar Canabrava, a prisão se deu por volta de 16h40 desta segunda-feira (1º), após cerca de 20 dias de investigação.

Nayrana Meireles
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
Cinara Taumaturgo
Teresina
- atualizado

Um soldado do Exército identificado como Jordan Matheus Sena Monção, de 18 anos, foi preso no fim da tarde desta segunda-feira (1º), dentro do 25º Batalhão de Caçadores, no Centro de Teresina, com um iPhone roubado.

De acordo com informações do delegado do 12º Distrito Policial, Aldemar Canabrava, a prisão se deu por volta de 16h40, após cerca de 20 dias de investigação. “Uma mulher foi vítima de furto. O carro dela estava estacionado na Avenida Dom Severino e roubaram a bolsa dela com um monte de coisas dentro. Então foi feito aquele pedido de inteligência, foram pedidos os dados do celular e o GPS estava acusando que o celular estava dentro do quartel. Então foi localizado e identificado através do e-mail que quem estava utilizando era o Jordan”, disse.

  • Foto: Brunno Suênio/GP1Delegado Aldemar CanabravaDelegado Ademar Canabrava

Segundo o delegado, Jordan foi preso dentro do 25º Batalhão de Caçadores. “Ontem nós procuramos o comandante do 25º BC, coronel Nixon e ele autorizou que a polícia fosse lá. Uma equipe do 12º DP foi até lá e de lá ele [Jordan] foi levado para a Central de Flagrantes e depois liberado, mas vai responder processo administrativo”, completou.

Ainda de acordo com o delegado, Jordan já respondeu pelo crime de roubo quando adolescente.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Coronel NixonCoronel Nixon

O tenente-coronel Francisco Nixon, comandante do 25º BC informou ao GP1 que deu todo apoio a investigação da Polícia Civil. "Ontem a polícia nos procurou. Estavam com uma investigação em andamento e com a suspeita de ser um militar nosso. Começamos a participar da investigação. Facilitamos aqui a abordagem do militar, acompanhamos até a delegacia e realmente ele estava com um celular roubado. Achei até que ele ficaria preso, mas foi feito um TCO e ele foi liberado. Hoje estarei fazendo uma sindicância no batalhão para apurar essa situação", afirmou.