Canavieira - PI

TCE reprova prestação de contas da ex-prefeita Gadocha

Na decisão os conselheiros decidiram pela reprovação das contas e aplicação de multa para a ex-prefeita Gadocha no valor 3.000 UFR-PI.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) reprovou a prestação de contas de gestão e de governo da ex-prefeita de Canavieira, Elvina Borges da Mota Andrade, mais conhecida como Gadocha. A decisão foi publicada no Diário Oficial do TCE de 15 de outubro.

No julgamento os conselheiros levaram em consideração irregularidades relacionadas ao: gasto com profissionais do magistério inferior ao limite legal, bloqueio de contas devido a atraso salarial, ausência no recolhimento de INSS, acumulação ilegal de cargos públicos, não finalização de procedimentos licitatórios no sistema Licitações Web, entre outras coisas.

  • Foto: Facebook/Elvina BorgesEx-prefeita Elvina, conhecida como GadochaEx-prefeita Elvina, conhecida como Gadocha

Na decisão os conselheiros decidiram pela reprovação das contas e aplicação de multa para a ex-prefeita Gadocha no valor 3.000 UFR-PI, que corresponde a R$ 10.260 mil, a ser recolhida ao Fundo de Modernização do Tribunal de Contas.

Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado também decidiram que o Ministério Público Estadual deverá ser informado sobre as irregularidades encontradas na prestação de contas para que sejam tomadas as devidas providências.

Participaram do julgamento os conselheiros Waltânia Maria Nogueira de Sousa Leal Alvarenga, Lilian de Almeida Veloso Nunes Martins e Jackson Nobre Veras, além do representante do Ministério Público de Contas, o procurador Plínio Valente Ramos Neto.