Tanque do Piauí - PI

TRE reforma sentença e mantém prefeito Filho Tiú no cargo

Os gestores ingressaram com recurso contra sentença do juiz da 48ª Zona Eleitoral de Elesbão Veloso, João de Castro Silva, que em 18 de dezembro de 2019 cassou seus diplomas.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) reformou, na segunda-feira (06), sentença que havia cassado o prefeito de Tanque do Piauí, Francisco Pereira da Silva Filho (PT), mais conhecido como Filho Tiú, e sua vice-prefeita, Elvira Pereira de Carvalho. A sessão virtual foi conduzida pelo presidente do TRE-PI, desembargador José James Gomes Pereira e o relator do processo foi o juiz Aderson Antônio Brito Nogueira.

Os gestores ingressaram com recurso contra sentença do juiz da 48ª Zona Eleitoral de Elesbão Veloso, João de Castro Silva, que em 18 de dezembro de 2019 cassou seus diplomas.

A decisão, que foi por unanimidade, nos termos do voto do relator e em consonância com o parecer do Procurador Regional Eleitoral, Leonardo Carvalho Cavalcante de Oliveira, deu provimento ao recurso para reformar a sentença do juiz e julgar improcedente a ação mantendo assim o prefeito e vice nos respectivos cargos.

O prefeito e a vice-prefeita foram cassados por abuso de poder político/econômico e conduta ilícita por terem praticado supostamente as seguintes irregularidades: promessa de perfuração de poço na propriedade do eleitor Guilherme José Ribeiro em troca de seu apoio político; vídeo gravado pela eleitora Lidiane Mendes mostrando o carro-pipa da prefeitura distribuindo água apenas aos eleitores do prefeito; pagamento do conserto da motocicleta do eleitor Balbino Alves da Cruz em troca do seu voto; e reforma da casa da eleitora Teresa Cristina Nunes da Cunha em troca do seu voto e de toda sua família.