Piauí

Turma do curso de Operações Especiais da PM é formada no Piauí

A solenidade de formatura aconteceu no Batalhão de Operações Especiais (BOPE), na manhã desta quarta-feira (27).

Laura Moura
Teresina
Thais Souza
Teresina
- atualizado

Formatura do Primeiro curso de Operações Especiais

Na manhã desta quarta-feira, no Batalhão de Operações Especiais (BOPE), foi realizada a solenidade de formatura da 1º turma de Operações Especiais da Polícia Militar do Estado do Piauí. No evento, estiveram presentes autoridades da PM como o comandante geral, coronel Carlos Augusto Gomes de Souza, o comandante de Policiamento Especializado, tenente-coronel Erotildes Messias de Sousa Filho, o comandante do BOPE, tenente-coronel James Sean Pereira Macedo Almeida e o Secretário de Segurança, Fábio Abreu.

O comandante geral da PM, coronel Carlos Augusto, explicou o objetivo do curso e a contribuição desses policiais para a melhoria da segurança pública do estado. “Hoje nós estamos formando a primeira turma especializada em Operações Especiais. Este curso é muito importante para a instituição e para a sociedade, pois formamos policiais para ocorrências de alto risco. O BOPE tem uma história tanto no nosso estado quanto no país, em intervenções em presídios, assaltos à bancos e em outras ocorrências que exige um preparo especializado”, afirmou.

O secretário de segurança pública do estado do Piauí, Fábio Abreu, explicou que esse curso é um dos mais difíceis já realizados pela Polícia Militar. “Este é o primeiro curso de Operações Especiais do estado do Piauí, sendo um dos cursos mais difíceis que existe em cada instituição que se propõe a fazer, tanto que nós iniciamos com uma quantidade muito grande alunos, aproximadamente com 43 pessoas, e no final só 10 concludentes, sendo seis do Piauí e quatro de outros estados”, revelou.

O secretário ressaltou também que serão entregues para a sociedade policiais com uma formação da melhor qualidade. “Nós temos um prazer de realizar um curso desse em conjunto com a Polícia Militar. São policiais do mais alto nível de formação e conhecimento. Nós iremos estar apresentando os melhores policiais formados no estado do Piauí. Além disso, nós trabalhamos na questão da integração das instituições, como por exemplo alunos lugares do país, por que sempre existe essa colaboração mútua com as polícias de outros estados que são coirmãs”, finalizou.