Mundo

Turquia começa ofensiva militar contra curdos no norte da Síria

Operação para 'neutralizar ameaça na fronteira' teve bombardeios em zona controlada por curdos e entrada de tanques em território sírio.

Por  Estadão Conteúdo

Dias depois do anúncio da retirada das tropas americanas do norte da Síria, uma área dominada por milícias curdas, a Turquia iniciou uma operação militar para controlar a região nesta quarta-feira, 9.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, escreveu em sua conta no Twitter que a operação vai “limpar” a região dos “terroristas” que ameaçam sua segurança. Segundo Erdogan, gá um "corredor terrorista" na fronteira que precisa ser eliminado.

No domingo, o presidente americano Donald Trump anunciou a retirada das tropas que guardavam a fronteira nordeste síria, e protegia as forças curdas e a milícia Forças Democráticas da Síria (FDS), anti-Bashar Assad, em território sírio e iraquiano.

Os Estados Unidos também disseram que não iriam se opor a uma operação de Ancara contra uma milícia curda.

A retirada foi uma grande mudança de diretriz na política externa americana, que torna a Turquia responsável por milhares de prisioneiros jihadistas ligados ao Estado Islâmico.

Trump foi bombardeado por críticas de opositores e até dos próprios republicanos, no momento em que enfrenta um processo político que pode levar a seu impeachment na Câmara.

Mais conteúdo sobre: