Picos - PI

Única sobrevivente de acidente em Picos vai passar por cirurgia

Carmem Angélica da Silva Peixoto, de 61 anos, é a única sobrevivente de um acidente automobilístico que vitimou três pessoas da mesma família.

Fábio Wellington
Teresina
- atualizado

O GP1 teve acesso ao estado de saúde de Carmem Angélica da Silva Peixoto, de 61 anos, a única sobrevivente do acidente que vitimou três pessoas da mesma família, na noite de sábado (18), na BR 316, em Picos. Ela segue internada o Hospital Justino Luz, sem risco de morte.

Segundo o Hospital Justino Luz, a vítima segue internada, consciente é estável. “Ela precisa passar por um procedimento cirúrgico, onde está ferida com mais gravidade. No caso essa cirurgia aconteceria aqui ou em Teresina”, infomrou a assessoria.

Ainda de acordo com a unidade de saúde, familiares ainda não autorizaram que ela seja cadastrada no sistema de procedimentos cirúrgicos, porque estão agilizando a sua transferência para Belém/PA, que deve acontecer ainda na noite de hoje. “Como ela não tem parentes no Piauí, eles acharam melhor levar ela para lá. O transporte será feito por meio de uma ambulância particular”, finalizou.

  • Foto: Divulgação/PRFGrave acidente em Picos Grave acidente em Picos

Entenda o caso

Na manhã desta segunda-feira (20), por volta das 8h, três pessoas da mesma família foram encontradas mortas e uma outra pessoa ferida em uma ribanceira na região de Fátima, na cidade de Picos. A família estava em uma Amarok preta e sofreu um acidente por volta das 20h30 de sábado (18).

De acordo com as informações do inspetor Jorge Madeira, da Polícia Rodoviária Federal (PRF-PI), a família saiu de Belém do Pará e tinha como destino a cidade de Maceió-AL. Os familiares das vítimas entraram em contato com a PRF de Picos porque eles iriam pernoitar na cidade, mas desde sábado não enviavam notícias.

“As famílias desses viajantes falaram com eles pela última vez no sábado, por volta de 19h. Eles relataram que a família iria pernoitar em Picos, para sair de manhã rumo à Maceió. Aí como transcorreu todo domingo e não tiveram mais contato com os familiares que ficaram em Belém, os parentes começaram a se preocupar e entraram em contato com a polícia dizendo que o último canto que eles tiveram notícia foi quando eles estavam chegando em Picos", relatou o inspetor ao GP1.

A PRF iniciou a procura pelos familiares e encontrou o carro totalmente destruído em uma ribanceira na Serra de Fátima. No local, foram encontrados pai, filha e uma sobrinha mortos e presos às ferragens do veículo. A mãe foi encontrada viva, mas com ferimentos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Jovem vítima de acidente em Picos ficou quase 24h viva com a mãe, diz PRF

Família é encontrada morta dois dias após acidente na BR 316 em Picos

Mais conteúdo sobre: