Esperantina - PI

Vilma Amorim instaura processo administrativo contra servidores

As portarias que autorizam a Comissão Disciplinar a instaurar o procedimento foram publicadas na edição desta quarta-feira (05), no Diário Oficial dos Municípios.

Gil Sobreira
Teresina
- atualizado

A prefeita Vilma Amorim (PT) determinou a abertura de processo administrativo disciplinar contra três servidores do município de Esperantina que fizeram manifestação contra a gestão, em virtude dos constantes atrasos salariais.

As portarias que autorizam a Comissão Disciplinar a instaurar o Procedimento Administrativo contra os servidores Givanilda de Carvalho Lustosa, Custódio Farias Costa Junior e Elis Regina Pereira da Rocha, foram publicadas na edição desta quarta-feira (05), no Diário Oficial dos Municípios.

Veja aqui as portarias

  • Foto: FacebookVilma Amorim instaura processo administrativo contra três servidores Vilma Amorim instaura processo administrativo contra três servidores

De acordo com as portarias, a Comissão vai investigar “eventuais condutas ilegais” dos funcionários. A denúncia é baseada em fatos ocorridos e que chegaram ao conhecimento da administração pública municipal.

Após a publicação destas portarias, vários servidores estão se manifestando em defesa dos funcionários que serão investigados pelo simples fato de terem protestado contra os recorrentes atrasos salariais no município.

A principal tese da gestão é que os servidores teriam feito manifestação de desapreço dentro das dependências de órgãos públicos, o que segundo o “caduco” Estatuto dos Servidores Públicos Municipais é proibido.

Os servidores afirmam que vão entrar com um processo na justiça contra a gestora por assédio moral e perseguição política.

Mais conteúdo sobre: