Piauí

Vítima de acidente na BR 343 era dono da rede de lojas "Tudo é 10"

Jackson tinha 41 anos, era natural do Rio Grande do Norte, mas morava no Alphaville, em Teresina.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

A vítima que morreu no acidente ocorrido, na manhã desta sexta-feira (30), BR 343 entre Altos e Campo Maior, foi identificada como sendo o empresário Jackson Kennedy Jácome de Lira, 41 anos, proprietário do Grupo JK, detentor da rede de lojas "Tudo é 10". A esposa dele foi identificada como Ane de Lima Santos, 31 anos, ela também estava no veículo, mas sofreu apenas escoriações,

Jackson era natural do Rio Grande do Norte, mas morava no Alphaville, em Teresina. No carro, estavam ainda a esposa dele, um filho de 4 anos e a babá, que não tiveram ferimentos graves.

  • Foto: Reprodução/InstagramJackson KennedyJackson Kennedy

Segundo informações apuradas pelo GP1, ele estava indo a uma fazenda, localizada em Campo Maior. O Grupo JK atua no comércio varejista de artigos do vestuário, acessórios e calçados, com lojas no Ceará e Piauí.

O acidente

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal no Piauí (PRF-PI), o acidente ocorreu por volta de 10h, quando um caminhão e uma Range Rover, conduzida pelo empresário, colidiram lateralmente, saindo da pista. Com o impacto, o motorista da Range Rover acabou chocando o veículo de frente com uma árvore às margens da rodovia e morreu no local.

  • Foto: Reprodução/WhatsAppVeículo ficou totalmente destruídoVeículo ficou totalmente destruído

A esposa, o filho de 4 anos e a babá, que também estavam no veículo, foram socorridos em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhados para o Hospital Municipal de Altos. A babá foi transferida para Teresina logo depois, enquanto mãe e filho aguardam transferência para atendimento em um hospital particular na Capital. Os sobreviventes tiveram apenas escoriações.

NOTÍCIA RELACIONADA

Colisão entre caminhão e Range Rover deixa um morto na BR 343