Teresina - PI

Wellington Dias acena para diálogo com deputado Evaldo Gomes

"O governador falou apenas que independente da questão político/partidária, queria dialogar. Posso dizer que não tem convite para retornar ao Governo", disse o deputado.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O governador Wellington Dias (PT-PI) acenou para o deputado estadual Evaldo Gomes (Solidariedade). Os dois, juntamente com a deputada federal Marina Santos (Solidariedade), deverão conversar em breve com o chefe do Executivo piauiense.

A informação foi confirmada ao GP1 neste domingo (26), por Evaldo que fez questão de esclarecer que nessa sinalização não veio o convite para que seu grupo político retorne à base do Palácio de Karnak. Cauteloso, Gomes disse que primeiro prefere ouvir o que o governador tem a dizer para depois se posicionar com mais clareza.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Wellington Dias e Evaldo GomesWellington Dias e Evaldo Gomes

“Ele [governador] sinalizou que queria conversar com o partido, comigo e com a deputada [federal] Marina Santos, mas, não disse o que seria. O governador falou apenas que independente da questão político/partidária, queria dialogar. Posso dizer que não tem convite para retornar ao Governo, por isso, vamos ouvir para gente poder avaliar”, ponderou o deputado.

Deixou a base

Quando ainda era do PTC, o deputado Evaldo Gomes fazia parte da base aliada de Wellington Dias, mas, no ano passado, o parlamentar decidiu romper com o petista para compor a coligação liderada pelo ex-deputado Dr. Pessoa (sem partido) que, na oportunidade, concorreu ao cargo de governador do Piauí, ficando em segundo lugar na disputa.