Teresina - PI

Wellington Dias diz que vai reorganizar a Segurança Pública

“Nosso objetivo é valorizar os que fazem parte do quadro da Segurança com promoção, condições de reajustamento e também prosseguir realizando concursos para que a gente tenha novos ingressos", disse.

Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

Em solenidade no Quartel do Comando-Geral da Polícia Militar do Piauí, na manhã desta segunda-feira (19), o governador do Estado, Wellington Dias (PT) disse que vai “reorganizar” a área da Segurança Pública em uma “nova sistemática” integrada com os três Poderes.

Em seu discurso, Wellington Dias agradeceu aos policiais militares e afirmou que vai prosseguir “atuando de modo prioritário na área da Segurança” e citou a realização de novo concurso e aproveitamento de militares que estão na reserva.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Governador Wellington DiasGovernador Wellington Dias

“Nosso objetivo é valorizar os que fazem parte do quadro da Segurança com promoção, condições de reajustamento e também prosseguir realizando concursos para que a gente tenha novos ingressos, adotar uma política adequada de aproveitamento dos que estão na reserva e tem energia e toda uma qualificação combinada com o que o Estado também precisa”, afirmou.

Integração com Poderes

Wellington afirmou que seu objetivo é "reorganizar" a Segurança Pública e fazer um sistema integrado entre as polícias militar, civil e órgãos do poder judiciário como Ministério Público e Defensoria. “O objetivo é reorganizar toda a área da Segurança em uma nova sistemática que leva em conta o risco pelo crime, o risco pelo criminoso e a partir daí ter toda uma integração das mais diferentes áreas”, afirmou.

“Essa é uma ideia que quero encaminhar para a Assembleia Legislativa, para que possamos ter as condições de uma atuação bem integrada do sistema de Segurança, o sistema de Justiça, o sistema penitenciário junto com o sistema Judiciário e dessa forma se integrar cada vez mais com a sociedade”, concluiu.