Política

Wellington Dias: reforma administrativa será votada até o fim do mês

"Não tem sentido estarmos montando um governo se eu propus para a assembleia algumas alterações. Então minha posição é de aguardar até o final desse mês", pontuou Wellington.

Brunno Suênio
Teresina
Bárbara Rodrigues
Teresina
Andressa Martins
Teresina
- atualizado

O governador Wellington Dias (PT) disse na manhã desta sexta-feira (15), que vai aguardar até o final deste mês o resultado da apreciação da reforma administrativa que está em curso na Assembleia Legislativa do Piauí para poder anunciar as alterações na composição do Governo.

Ainda nesta sexta o chefe do executivo conversa com o presidente da Alepi, deputado Themístocles Filho (MDB). O deputado acredita que a reforma seja aprovada até o fim de março, já que foi aprovado o pedido de urgência das mensagens.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Governador Wellington Dias Governador Wellington Dias

O presidente do legislativo pediu mais uma vez [o encontro]. Já tivemos juntos no início da semana e acertamos então a partir das comissões técnicas, temos condições de ainda em março a gente ter a aprovação das matérias.

Caso aprovada ainda em março, o petista avalia que a reforma administrativa terá resultado já no mês de maio deste ano e que para que isso ocorra é necessário defini-la no parlamento estadual.

“Não tem sentido estarmos montando um governo se eu propus para a Assembleia algumas alterações e elas podem ser modificadas dentro do parlamento. Então em respeito ao legislativo, minha posição é de aguardar até o final desse mês. A gente tem condição de ter a aprovação das principais matérias e a previsão é que elas possam começar a dar efeito a partir de maio, com redução de despesas, ampliação de receitas e isso é fundamental para enfrentar os desafios de 2019”, pontuou.

Wellington Dias disse de forma ponderada que as decisões que envolvem a organização da estrutura do Governo têm que ser tomadas com cautela. “É um momento de ter cuidado com as decisões que a gente toma, por isso as atitudes tanto nossa do Nordeste e no estado do Piauí são importantes”, acrescentou.

Indagado como ele enxerga a pressão dos partidos por espaços na administração, Wellington Dias foi claro. “Eu creio que todos compreendem a necessidade de ter a definição das áreas e vamos fazer isso com muito carinho e diálogo, como sempre fizemos”, finalizou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deputados do Piauí aprovam urgência na votação da reforma

PSD não abre mão da SDR e aguarda definição de Wellington Dias

Mais conteúdo sobre: