Piauí

Wellington Dias vai implantar sistema televigilância em presídios

Ao todo serão instaladas 410 câmeras em 28 cidades, que estarão interligadas a três Centros de Comando de Operações em Teresina, Picos e Parnaíba.

Andressa Martins
Teresina
- atualizado

Na tarde de sexta-feira (7), após se reunir com secretários de Segurança, Justiça e Fazenda, o governador Wellington Dias (PT) confirmou a implantação do Projeto Integrado de Televigilância em presídios estaduais do Piauí. As câmeras servirão para auxiliar o trabalho da polícia e monitorar o sistema prisional.

Ao todo serão instaladas 410 câmeras em 28 cidades, que estarão interligadas a três Centros de Comando de Operações em Teresina, Picos e Parnaíba. As câmeras são de alta tecnologia e por isso conseguem fornecer informações precisas.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Penitenciária Major César Penitenciária Major César

Apenas no sistema prisional estão previstas 50 câmeras inteligentes, sendo que cada uma das 17 unidades prisionais do estado terá pelo menos 2 câmeras de reconhecimento facial.

A Colônia Agrícola Major César será contemplada com 16 câmeras térmicas e sensores perimetrais que identifica a aproximação de pessoas nos muros da penitenciária, bem como cercas que emitem alerta em casos possíveis de fuga. Serão instaladas ainda 34 salas de vídeo audiência para que presos não precisem se deslocar para acompanhar o andamento processual.

O sistema integrado de televigilância contará anda com apoio da Secretaria de Fazenda, que vai monitorar as divisas estaduais para a cobrança de impostos.

Mais conteúdo sobre: