GP1

Teresina - Piauí

Oficial do Exército executa a namorada na zona leste de Teresina

De acordo com informações do Major Nivaldo Santos, o crime teria sido motivado por ciúmes.

Um oficial do exército de 23 anos, identificado José Ricardo da Silva Neto, executou na madrugada desta segunda-feira (19), a namorada, Iarla Lima Barbosa, de 25 anos, e deixou feridas outras duas pessoas, a irmã da vítima, de 23 anos e uma amiga de 25 anos, próximo ao Bendito Boteco, na zona leste de Teresina.

De acordo com informações do Major Nivaldo Santos, do 5ª Batalhão da Polícia Militar, o grupo de amigos estava bebendo no Bar Bendito Boteco, quando houve uma discussão entre ele e a namorada por ciúmes. “Eles estavam bebendo, quando a namorada do oficial começou a dançar e iniciou-se uma discussão entre os dois. Ele então chamou as meninas para ir embora e, no meio do caminho efetuou vários disparos contra a namorada e acabou atingindo as outras duas mulheres dentro do carro”, disse.

  • Foto: Divulgação Iarla Lima Barbosa, Iarla Lima Barbosa,

Ainda de acordo com o Major Nivaldo, a irmã da vítima e a amiga conseguiram fugir do carro, mas a namorada já estava morta. Uma das jovens foi atingida de raspão na cabeça e a outra no braço. Já a namorada foi executada com dois tiros no rosto. O oficial ainda voltou para o Cajuína Residence, condomínio onde morava, no bairro Santa Isabel, zona leste de Teresina, com a namorada morta no banco do passageiro, mas acabou sendo preso por uma guarnição do BP Rone e conduzido para a Central de Flagrantes.

  • Foto: DivulgaçãoJosé Ricardo Silva NetoJosé Ricardo Silva Neto

Silva Neto se apresentou para o serviço no 2º BEC em agosto de 2014, oriundo do Centro de Preparação de Oficiais de Reserva de Recife. Em 12 de dezembro de 2014, obteve a autorização para adquirir uma pistola Taurus .380. De acordo com informações do comandante do 2º Batalhão de Engenharia de Construção do Exército Brasileiro, Alessandro da Silva, o oficial solicitou o porte de arma em 2016.

Em nota, o 2º Batalhão de Engenharia de Construção do Exército Brasileiro, se solidarizou com a família da vítima e afirmou que tomará as medidas cabíveis. "Nos solidarizamos com as vítimas e seus familiares, desde o ocorrido temos buscado contato para prestar todo o apoio que se fizer necessário. Informamos ainda, que o 2º BEC está apurando o caso e que tomará as medidas administrativas e disciplinares pertinentes à ocorrência", informou a nota.

Veja a nota na íntegra

Consternados, informamos, que, na madrugada de hoje, 19 de junho de 2017, um tenente temporário, deste Batalhão, envolveu-se em um incidente com disparos de arma de fogo, no qual houve uma vítima fatal.

As circunstâncias do ocorrido ainda estão sendo apuradas, mas o que foi levantado até o momento, dá conta de que o 2º Ten JOSÉ RICARDO DA SILVA NETO estava no bar Bendito, casa noturna da cidade, acompanhado de sua namorada, e mais duas mulheres. Por volta de 1h00 da manhã, o tenente deixou o local, acompanhado de sua namorada e das outras duas mulheres.

Alguns minutos mais tarde, as outras duas retornaram ao local, feridas, afirmando que o tenente realizou disparos no interior de seu carro, em local próximo à casa noturna, atingindo todas as mulheres que o acompanhavam.

Uma delas foi atingida no braço e lado direito do tórax. Outra foi atingida na cabeça, de raspão. Após efetuar os disparos, o Tenente se evadiu do local, sendo encontrado, pela Polícia Militar do Piauí PM/PI, em seu apartamento, localizado na Zona Leste desta Capital. No local, a PM/PI percebeu a presença do corpo de da namorada, já sem vida, dentro do veículo do militar.

O Ten SILVA NETO encontra-se custodiado pela PM/PI, no Hospital Pronto Med, em Teresina/PI, para ser atendido, devido a lesão que ele mesmo causou em sua coxa direita, com a arma de fogo, não corre risco de morte. Ele sofrerá uma intervenção cirúrgica, para retirada do projétil e ficará internado por aproximadamente cinco dias. As duas mulheres feridas estão sendo atendidas no Hospital de Urgência de Teresina-PI e não correm risco de morte, até o presente momento.

O Ten SILVA NETO se apresentou pronto para o serviço, no 2º BEC, em agosto de 2014, oriundo do Centro de Preparação de Oficiais da Reserva de Recife. Em 12 de dezembro de 2014, obteve a autorização para adquirir uma pistola Taurus 380. Solicitou o porte de arma, em 2016, e lhe foi negado em duas ocasiões, pois o argumento apresentado era pouco consistente

Nos solidarizamos com as vítimas e seus familiares, desde o ocorrido temos buscado contato para prestar todo o apoio que se fizer necessário. Informamos, ainda, que o 2º BEC está apurando o caso e que tomará as medidas administrativas e disciplinares pertinentes à ocorrência. Nos colocamos à disposição para prestar as informações e esclarecimentos que se fizerem necessários.

ALESSANDRO DA SILVA – Coronel
Comandante do 2º Batalhão de Engenharia de Construção

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.